segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Devaneios

O Destino, brincalhão, um dia,
Colocou-nos no mesmo caminho...
...No principio eu nem queria,
Não resisti e cedi a teu carinho.

Para que tua vida seja de cor,
O arco-íris te darei...
Para aumentar este amor,
De tudo, acredita eu farei.

A luz do sol nos aquece
Alimenta nosso sentir...
Amar assim, jamais se esquece,
Que mais há-de vir?

Teu carinho é um rio,
Corre para o mar de meu coração...
É triste e sinto frio,
Se estás longe, minha paixão.

Coisas estranhas acontecem,
Tornou-se um caso sério...
Nossas emoções aquecem,
Neste belo mistério.

Sem comentários:

Enviar um comentário