Diversas

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

As palavras



Quisera ter o dom dos poetas
E dos escribas,
Fazer as palavras fluírem,
Deslizarem para o papel branco
Gravando o que me vai na alma.

Palavras que têm a capacidade
De serem boas e más;
Positivas
E negativas;
Palavras que falam de amor
E ódio;
De paixões
E desilusões;
As palavras anunciam
Boas novas
E tristezas;
As palavras podem voar,
Rastejar...
E são sempre dignas;
As palavras condenam
E absolvem;
São ríspidas e doces;
Nunca ninguém
Se zanga com as palavras,
Porque sem elas
Haveria a zanga;
É com as palavras
Que declaramos o amor
E a raiva...
Mas as palavras...
Essas, serão sempre inocentes.
Jamais quero perder a sua presença.

J.C.Moutinho

Sem comentários:

Enviar um comentário