sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

Sonhos


Ladeado pelas árvores da ilusão,
Caminho pela estrada da vida,
Envolvo-me nas sombras dos meus desvarios,
Perco-me na beleza do teu rosto.

Meus desejos voam com os meus sonhos,
Sinto em mim a doçura do teu beijo.

Que a primavera seja célere
E que alguma brisa passageira,
Traga todas as cores
Do encantamento
Da sedução e do viver.

Que a neve que agora se faz presente,
Com o calor do sol,
Se torne macio algodão,
E nos acaricie no mais profundo
Da nossa alma.

Nossos segredos serão divididos,
Emoções revividas,
Sentirei novamente
A doçura de teus lábios,
O brilho de teu olhar
E a ternura do teu abraço.

Gostaria de ter hoje o teu ontem.

J.C.Moutinho

Sem comentários:

Enviar um comentário