segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

Porque hoje é domingo



O Céu está belo, azul, brilhante,
Mas chove…
Uma chuva forte, intensa, de cor e aromas,
Chovem pétalas coloridas,
As ruas ficam perfumadas,
De um odor doce, de quimeras e sentidos,
Que despertam para a vida,
As pessoas entreolham-se, espantadas,
Por tão inusitado evento,
Ninguém entende, nem explica,
Mas deixam-se deslumbrar, embalados,
Naquela mística beleza,
O chão está mudado na cor,
Qual tapete de retalhos,
Brilha, numa luminosidade,
Resplandecente,
Que fascina quem passa….
O que mais encanta,
E que todos admiram,
São os cheiros de perfumes raros,
Talvez tudo isto se explique,
Porque hoje é domingo!

J.C.Moutinho

                                                           

1 comentário:

  1. E porque hoje é domingo, intenso deixo um abraço perfumado de camélias e jasmins. E deixo a promessa de voltar sempre que o tempo o permita..E hoje num vaip estive para ir ao Porto.. Aqui á beira Tejo por vezes os ares dão nisto..

    ResponderEliminar