terça-feira, 12 de julho de 2011

Na leveza da nuvem branca




Quero fugir da angústia do teu olhar
Que me tolhe os pensamentos,
No teu desespero em quereres ser diferente;
Olha para mim e reflecte-te na alegria
Que a minha alma transmite para ti;
Desperta dessa melancolia em que vives,
Despe-te das mágoas do teu viver,
Liberta-te da tortura desse teu sofrimento
E vive com a paz do meu querer;
Sente o meu amor,
No palpitar do meu coração,
Recebe o suspiro do meu desejo em ti,
Absorve o calor dos meus braços
E deixa que a tua alma
Seja invadida pela minha alegria!
Sai desse teu torpor estranho,
Veste-te do belo da vida,
Respira o ar da brisa que passa
Na suavidade do meu viver,
E vem, sem receio de fracassares,
Porque eu estarei aqui,
Recebendo-te na leveza da nuvem branca,
Que nos protege, sob a abóbada celeste.

José Carlos Moutinho

Sem comentários:

Enviar um comentário