sexta-feira, 29 de junho de 2012

Momentos




Ah...como desejo atravessar estas brumas do desencanto!
Dissipar as nuvens negras que me toldam a visão
e colorir o escuro das flores mortas!

Levo-me por anseios sufocados no meu peito,
quero soltá-los no vento!

Vagueio-me perdido nas lembranças,
esmorecidas pelas horas que se foram!

A solidão comprime-me a vontade
de caminhar por luares libertados!

Ah...Como gostaria de correr ao longo do rio da saudade
Que me levaria ao mar da esperança!

Respiro-me trôpego no sopro da brisa
Que me queima a tristeza!

Choro-me na incerteza da alegria
Que a minha alma reclama!

Acalmo-me finalmente no sonho
Entrado em mim, que me adormece!

José Carlos Moutinho

Sem comentários:

Enviar um comentário