segunda-feira, 17 de setembro de 2012

Noite de lua cheia





É bela a noite de lua cheia...
Mas o luar não me traz o brilho,
dos olhos da minha amada,
que se perdeu no breu da saudade,
nem o cintilar das estrelas,
que me sussurram
palavras do seu exausto amor!

Este mistério que a noite encerra,
desencanta-me a alma no meu recordar
dos sonhos sonhados
e dos instantes vividos,
em outras noites de outros luares
de ávidos sentires!

Olho serenamente a beleza
daquele fascinante astro,
que me transmite uma paz relaxante!

Dispo-me das minhas tristezas
e levo-me em pensamentos alados,
por vales cósmicos de emoções novas,
em busca do brilho de outros olhos,
que me ilumine o coração
na alvorada do meu querer.

José Carlos Moutinho

Sem comentários:

Enviar um comentário