Diversas

sábado, 1 de dezembro de 2012

Música de Orfeu





O crepúsculo indolente, traz-me o sossego,
perdido nas horas esvaídas da tarde!
O silêncio que faz da penumbra, noite
engalanada por delicados cetins de luar,
sorri-me na carícia da brisa!

Abraço-me a devaneios que me tomam o pensamento,
no marulhar do mar verde das recordações,
que eu contemplo e me suspira maresia,
nas vagas com sorrisos de espuma,
que se espreguiçam 
nas areias da minha memória !

Sob o manto protetor e suave do luar,
esqueço o tempo, que me cerceia o meu tempo,
não sei que mundo é este,
ignoro malícias de gentes inventadas,
desconheço as realidades conspiradas,
sou somente a ilusão de mim mesmo!

Sonhei, embalado pela música de Orfeu...

José Carlos Moutinho

Sem comentários:

Enviar um comentário