sábado, 22 de dezembro de 2012

Natal que me entristece





Já são poucas as horas para o dia especial,
que todos anseiam, uns por motivos nobres,
outros para comemorarem só porque é Natal,
felizmente que muitos se lembram dos pobres.

Nesta quadra que deve ser festiva, é para mim
a mais melancólica e que me deixa mais triste,
sempre me lembro dos infelizes, de triste fim
onde sem teto, a fome e o frio sempre existe.

Que neste frio Natal, Jesus se lembre deles,
dando pão, para saciarem os estômagos gelados,
mantas para iludirem o frio, que lhes rasga as peles,
pois se são humanos, porque são abandonados?

Se cada um de nós se lembrasse dessa gente,
e que no esbanjamento cedesse uma côdea de pão,
o mundo não seria tão injusto e confrangente,
porque em cada alma solidária sorriria o coração.

José Carlos Moutinho

Sem comentários:

Enviar um comentário