Diversas

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

DIREITOS DE AUTOR





A cada dia que passa mais abismado fico eu,
Gente que partilha poemas omitindo o autor,
O que será que a esta gente lhes deu,
Não saberão que é um roubo sem pudor.

Pior, o que várias pessoas me disseram,
Que tem gente que plagia o que se publica,
Devem certamente achar correto o que fizeram,
Terão por incapacidade e frustração, a sua desdita.

Ganhem vergonha, respeitem os autores,
Quem não tem capacidade para escrever,
Terão, acredito eu, para outros valores,
Usar nome do autor e não plagiar, é moral a ter.

José Carlos Moutinho

1 comentário:

  1. Gostei do poema e concordo com o dito. Parabéns por abordar este tema.

    Jovita Capitão.

    http://rainhadasinsonias.blogspot.pt/

    ResponderEliminar