Diversas

quarta-feira, 13 de março de 2013

Este mar de ilusões





Perco-me nos pensamentos
levados pelo azul
deste mar que me invade de saudade!
Quisera que estas brumas
que me cobrem de nostalgia,
se metamorfoseassem em sóis de felicidade,
e me fizessem navegar por estas águas calmas,
embalado nos braços da minha amada!

Este desejo que me toma a alma,
não passa de quimera
esvaida na brisa,
que me sopra impiedosa!

Descanso os meus olhos cansados,
no horizonte das minhas esperanças,
deixo-me deslizar pelo cheiro da maresia...
Talvez encontre na areia
que se faz praia, naquela ilha lá longe,
outro amor que me faça esquecer
Este, que se perdeu no desencanto da vida!

José Carlos Moutinho

Sem comentários:

Enviar um comentário