quinta-feira, 25 de abril de 2013

A FORÇA DAS PALAVRAS




As palavras dispersam-se,
perdidas nas tempestades da incompreensão,
vagueiam desalentadas,
procurando a razão do desatino!
Desnorteiam-se
pela incapacidade de se fazerem entender,
ofendem na sua inocência calada,
inventam gritos de revolta
em mentes sensíveis!

Ai...como ferem as palavras,
na sua frieza, sem rosto,
causam dor à pessoa amada
se ditas com veemência descontrolada,
sem pensamento assertivo,
as emoções navegam
em mares agitados
e deixam-se afundar
em precipitadas conclusões!

Ah...Palavras
que nos empolgam em momentos decisivos da vida,
podem denegrir ou elogiar,
construir ou derrocar,
odiar
ou simplesmente amar.

José Carlos Moutinho


http://www.mixcloud.com/josecarlosmoutinho/a-forca-das-palavras/

Sem comentários:

Enviar um comentário