quarta-feira, 28 de agosto de 2013

Aquela mulher, o meu amor



Sento-me nas escadas do meu pensamento
e deixo-me levar pelos caminhos do além,
recordo momentos que ficaram cá dentro
do meu peito, na saudade deixada por alguém!

São boas lembranças que invadem minh’ alma,,
gostaria de a ter em meus braços novamente,
tudo faz parte do passado, que não acalma
minha dor, neste tortuoso sofrimento!

Quisera que o tempo parasse totalmente
e me devolvesse aquela mulher amada...
Serão ilusões que me passam pela mente!

Oh...Deus dos amores faz esquecer esta dor,
que me deixa a alma assim tão castigada,
traz de volta aquela mulher, peço por favor!

José Carlos Moutinho

1 comentário:

  1. As poesias são alimento para o espírito;
    Para que as pessoas que a amam, poção ter um conceito diferente da vida;

    Abraço
    Célia

    ResponderEliminar