sábado, 2 de agosto de 2014

Deixem-me


Por favor...
deixem-me pensar o que eu quiser,
mesmo que seja loucura
deixem-me ser utopico,
e voar nas asas dos sonhos!
Deixem, amigos... e, se este meu voo
me levar aos céus do prazer e da alegria,
venho buscá-los, para juntos
irmos pelo éter
sorrindo a este mundo
tão castigado pelas injustiças e guerras,
porque nós iremos por aí, na busca da paz
e dos abraços que nos façam
cada vez melhores!
Deixem amigos...
pensar-me nesta ilusão
não me desiludam,
dizendo que esta minha vontade é inexequível,
mintam-me, mas digam que é possivel
e que isto não é quimera
Vamos lá, amigos
deixem...

José Carlos Moutinho

Sem comentários:

Enviar um comentário