quarta-feira, 20 de agosto de 2014

Olhos negros (Fado)



Por trás dos olhos negros
não mostras teus segredos
na tua alma velados
e p’la boca calados.

Eu canto ao teu feitiço
em doce melodia, 
cantado em tom castiço
numa total sintonia. 

Negros são teus cabelos
que se agitam ao vento,
longos fartos e belos,
são meu deslumbramento.

Tua beleza ímpar
Faz-me sonhar fantasia,
enfrento as ondas do mar
para te beijar um dia.

José Carlos Moutinho

Sem comentários:

Enviar um comentário