terça-feira, 16 de maio de 2017

Pensamentos



É vento sem destino
grito de desalento na noite,
caminhante perdido no tempo
vagabundo de ilusões…
sonhador de utopias ausentes
e noctívago deambulante
que cala profundamente no peito
todas as dores do mundo

José Carlos Moutinho

Sem comentários:

Enviar um comentário