As gaivotas voam

SOBRALINHO

terça-feira, 5 de dezembro de 2017

As minhas palavras



As minhas palavras só morrem, se eu as deixar
simplesmente uso-as com paixão para me sentir vivo
com elas invento fantasias em prosa ou a poetar
porque sem as palavras sinto-me por aí, perdido

Na solidão em que me aconchego, sereno,
construo um outro caminho, com a ficção
embora a poesia não seja um escrever pequeno
é nas histórias longas que encontro mais emoção

José Carlos Moutinho

Sem comentários:

Enviar um comentário