As gaivotas voam

SUSPIRO

segunda-feira, 19 de fevereiro de 2018

És o meu luar





Na noite escura és o meu luar
Com beijos, inventamos estrelas
De mão dada vamos ver o mar
Com alegria, sem medo nem cautelas

Das tuas palavras transborda amor
Que me deixa indolente a sonhar
Tuas mãos, pétalas da mais bela flor
Suaves e perfumadas vêm-me acariciar

É belo este nosso amor, com paixão
Que nasceu da ilusão de uma tarde
Floresceu dentro do nosso coração
Só temos que a viver com felicidade

José Carlos Moutinho

Sem comentários:

Enviar um comentário