As gaivotas voam

SOBRALINHO

segunda-feira, 7 de maio de 2018

Como uma miragem

...
Levo-me no voo de uma gaivota
que, de asas abertas busca o infinito
pelo horizonte de alguma terra remota
onde o sonhar consegue ser mais bonito

E se a gaivota pelo caminho se perder
agarrar-me-ei a qualquer onda que me entenda
e no cintilar do sol, irei aonde o destino quiser
será lugar, talvez, onde a alegria me transcenda

José Carlos Moutinho

Sem comentários:

Enviar um comentário