As gaivotas voam

sexta-feira, 8 de junho de 2018

Amor

...
Ah...fosse eu condor
e voaria até ao infinito
levaria nas asas tanto amor
que daria a qualquer aflito...
mas como não voo, nem condor sou
escrevo meus versos em pergaminho
com eles espalho amor por onde vou
buscando a verdade no meu caminho

José Carlos Moutinho

Sem comentários:

Enviar um comentário