terça-feira, 29 de novembro de 2016

Chegavas todos os dias




Chegavas todos os dias à mesma hora
trazias no teu olhar o sol do amanhecer
o brilho do teu sorriso era alegria da vida
caminhavas com passos ágeis e vigorosos!

Por onde andarás tu agora, meu amor?

Há tanto tempo que não vejo o teu sol
que sempre me trazias nos teus olhos,
nem o teu sorriso que brilhava em mim!

Gostaria de saber do teu caminhar de agora,
se continuas a ter alegria no teu sorrir
e se mantens o sol a brilhar no teu coração
como antes iluminava o meu…

A saudade, meu amor,
veio hoje visitar-me
ao amanhecer o sol.

José Carlos Moutinho

sábado, 12 de novembro de 2016

Mudanças





Mudam-se os tempos
mas não se mudam os ventos,
mudam-se atitudes
mas não muda a dignidade
que cada vez mais se esconde
por trás da vaidade!

E é um tal vê-los correr apressados
para se colocarem sob as luzes da ribalta
a que não pertencem
e por muita luz que lhes pinte os cabelos
jamais farão parte do elenco
daquela cena da vida!

Mudam-se os actos,
mantêm-se as boas peças do teatro,
porque as da hipocrisia terão vida efémera...
mas o show continuará
com as histórias da vida
em contínuas apresentações,
onde a verdade sempre impera.

José Carlos Moutinho