sábado, 13 de novembro de 2010

Ser poeta

Escrevo com emoção, simples versos,
Em certos e especiais momentos...
Com volúpia, deixo expressos,
Os poderes dos meus sentimentos.

Falhas de estrutura, terão...
Essa está contida em minh,alma,
Desejo ter a sensação...
Mesmo sem métrica, isso me acalma.

Não sou poeta,quiçá, pretensioso,
De uma coisa tenho certeza...
Escrevo em tom harmonioso,
Sempre mantenho minha nobreza.

Do pensamento às palavras,
Fluem suaves, minhas paixões...
Turbilhão de ideias são trocadas,
Adquirem o som de belas canções.

J.C.Moutinho

Sem comentários:

Enviar um comentário