quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

A vida



Neste mar da tranquilidade
Alheio a tormentas de outros mares,
Quero ter a serenidade
Correr todos os lugares.


Um abraço, um sorriso sincero
Ver a beleza das cores,
Desta vida é o que eu quero
Sentir o perfume das flores.


Cantar,sentir do sol o calor
A vida pujante de alegria,
Amar o próximo, sem temor
Vivermos todos em harmonia.


Viver um dia em cada dia
Sem atropelos, mas com vigor,
Tudo é efémero, diz a profecia
Sejamos pródigos em amor.


J.C.Moutinho

Sem comentários:

Enviar um comentário