quarta-feira, 21 de setembro de 2011

Idílica imagem




No odor que paira no ar,
Sinto o teu perfume
Que exalo deliciado, na doçura
Da tua presença,
Que brilha com a luz deste sol,
De verão aquecido pela tua ternura!

Como flores nos teus cabelos,
Borboletas, esvoaçam na brisa que passa,
As copas das árvores agitam-se,
Deslumbradas com o teu caminhar
Deslizante, como sereia no mar;           
As pedras da calçada sorriem,
Na doce visão das tuas belas pernas;
Fascinas quem te olhar,
Hipnotizas no teu sorriso,
Envolto nesses lábios perfeitos,
De doce mel e amora silvestre,
Num agridoce delicado,
Que a tua boca me oferece
E eu ávido, absorvo,
Em ansiosa paixão!

Desfalecem-me em ti, os meus sentidos,
Em total sensualidade,
Oh… mulher de encantos tamanhos
De idílica beleza;
Somos a felicidade,
Porque tu estás em mim
E eu estou em ti.

José Carlos Moutinho

Sem comentários:

Enviar um comentário