Diversas

segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Ambição



Levo-me por vales, nas asas do vento,
Busco o que desconheço e nem entendo,
Mas voo alegre, feliz sem desalento,
Com a certeza que um dia tudo compreendo.

Vejo árvores, flores e o rio que corre livre,
Quero ter essa liberdade em mim,
Ainda que tenha de lutar como tigre,
Sei que conseguirei o meu intento enfim.

Deslizarei célere pela calçada das ausências,
Subirei suavemente a escada dos afetos,
Enfrentarei com firmeza as incoerências,
Desprezarei as mentalidades de insetos.

Há que transformar arrogância, em humildade,
Ter a dignidade e postura de quem ama,
Os que se negam, não passam da mediocridade,
Com tanta frieza na alma, será breve a sua chama.

O mundo é belo, apesar dos dissabores,
Olhemos a vida pujante em nosso redor,
Apreciemos o sol a lua e as belas flores,
Sejamos simples, humanos, vivamos com amor.

José Carlos Moutinho

Sem comentários:

Enviar um comentário