quarta-feira, 27 de março de 2013

Reflexão às palavras



A complexidade da mente humana
leva-nos tantas vezes a tomar atitudes inesperadas,
quando tudo está perfeito e em harmonia
por uma palavra, um gesto,
tudo se perde na incompreensão da razão!

Tantas vezes o que se diz,
não é tanto o que se pensa,
ou se se pensa,
não é entendido da mesma maneira
por quem nos lê, ou ouve!
Perdem-se paixões, morrem amores,
porque as palavras ofenderam ou melindraram,
fazem-se conceitos errados, precipitados,
e deixamo-nos cair em sofrimento desnecessário,
porque a nossa irracionalidade
não quer aceitar o obvio, por acomodação!

Ah...mundo este, de mentes sensíveis,
de corações aluados,
que levam tudo a perder no mar da tristeza,
quando se podia navegar docemente sobre as águas da felicidade,
sob o luar do amor e da harmonia,
e despertar na razão da paixão que se faz amor,
nas areias das praias quentes do prazer e alegria.

José Carlos Moutinho

Sem comentários:

Enviar um comentário