As gaivotas voam

SOBRALINHO

quarta-feira, 6 de junho de 2018

Nem meu

...
Nas vagas do tempo
vão e vêm as minhas memórias,
muito depende da força do vento
que leva e traz todas as histórias

Ainda que se queira esquecer
tudo aquilo que já se viveu,
o tempo nada deixa morrer
porque nada é dele nem meu

José Carlos Moutinho

Sem comentários:

Enviar um comentário