quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Metamorfose

Mulher...oh, mulher
Foste a essência rara do perfume
que impregnou meu corpo
e minha alma.

A luz que iluminou,
a escuridão de minha angústia.

A Estrela guia,
que mostrou o caminho,
ao meu coração.

Foste o sol, que me aqueceu,
no âmago profundo do meu ser.

Tempo de um outro tempo.

Ilusão sem paixão...
Ou paixão, sem ilusão.

Sentimentos também têm a sua
metamorfose....
E esta foi bem intensa...

A essência de perfume,
evaporou-se...

A luz que me iluminava,
apagou-se...

A estrela guia,
desapareceu...

E o sol, simplesmente
escureceu.

Restou a penumbra.

2 comentários:

  1. Maravilhoso Zé, muito bom, melhoras a cada dia ue passa.
    Uma pedra rara sendo lapidade.

    Nilza

    ResponderEliminar
  2. Muito obrigado, Nilza..vindo de ti, tem muito valor, amiga

    ResponderEliminar