Diversas

quinta-feira, 25 de outubro de 2012

Sei que ela voltará






Cantam-me as árvores das fantasias,
pelo estremecer dos seus ramos de ilusões,
melodias que penetram a minha alma,
em busca do sossego que o tempo levou
por caminhos da inquietude,
envolto em pardacentas nuvens,
numa tarde cansada,
pelo sol ausente!

Calmamente reflito,
embalado por esta música celestial,
levo-me na serenidade do sentir,
acariciado pelo anseio daquela paixão,
que um dia esmorecera!
Aspiro avidamente
o ar impregnado destes sons feiticeiros,
suspiro com o coração vibrante
e o meu pensamento voa,
voa...Para bem longe,
ao encontro dela,
daquela mulher que por capricho,
abandonou o meu abraço
e perdeu o néctar dos meus beijos!

Sei que ela voltará...
Quando a tarde se iluminar
pelo sol que se fará presente.

José Carlos Moutinho

1 comentário: