Diversas

domingo, 31 de outubro de 2010

Mar

Mar, esse velho desconhecido,
Que esconde em suas profundezas..
Certamente muito perigo,
Mas imensas e mágicas belezas.

As ondas vêm desfazer-se na praia,
Com um sussurrar delicioso...
É como o encanto da samambaia,
Que me deixa prazeiroso.

Tens encanto e serenidade,
Mas podes ser bravio e tenebroso...
Exiges que te encarem com verdade,
Para que não te tornes perigoso.

Olhar o mar, é relaxante,
Delicioso, Vislumbrar seus encantos...
Também te podes tornar provocante,
E causar-nos grandes prantos.
Zé

Sem comentários:

Enviar um comentário