quinta-feira, 28 de abril de 2011

Gaviões que pairam sobre nós




Porque os trilhos da desilusão,
Teimam em cruzar os meus caminhos,
Se eu procuro os atalhos
Da amizade e do respeito?
Quero embrenhar-me nas sombras,
Tranquilizadoras da paz e serenidade
E deixar as nuvens negras da inveja
Que tentam envolver-me;
Quero o reflexo nos olhos que brilham
Com a beleza de quem ama;
Quero inalar os perfumes
Que brotem das almas puras,
De seres humanos verdadeiros;
Quero sentir no abraço,
O aperto carinhoso da sinceridade
E do autentico amor!
Nas horas difíceis e amargas
Que vejo os verdadeiros amigos,
Aqueles que dizem presente;
Porque nos momentos de glória,
São gaviões que pairam sobre nós.

José Carlos Moutinho

Sem comentários:

Enviar um comentário