Diversas

quarta-feira, 31 de julho de 2013

Se poeta eu fosse...



...Gostaria dizer ao mundo
quão importante és tu para mim,
faria só para ti, canções de rara beleza
que emocionassem as estrelas,
com versos que exaltassem a minha paixão
e soltá-las ao vento,
para que cruzassem oceanos e mares
e encantassem os incrédulos
dizendo-lhes que o amor existe e está em nós!

Ah...como eu gostaria, dizer-te
em palavras por inventar,
quanto o meu coração vibra,
só de olhar o teu sorriso fascinante,
Mas falta-me inspiração,
as palavras emudecem
na minha boca, ávida da tua,
no ardor que me ruboriza o rosto,
por tanta paixão e volúpia!

Fico-me pelo silêncio que só tu sabes ouvir,
porque é o segredar da minha alma
em devaneio do amor em nós.

 José Carlos Moutinho

Sem comentários:

Enviar um comentário