Diversas

domingo, 27 de outubro de 2013

Murmúrios das ondas



As ondas que se enrolam neste mar,
trazem sussurros da minh’amada,
em poemas cantados ao luar,
que me deixam a alma encantada.

No dorso do mar, o brilho do sol,
como sorriso que ela me envia,
no seu belo olhar está o meu farol,
de luz, da minha alma de poesia.

Meu amor, quanta felicidade...
que me faz voar pelo infinito,
nas asas do vento, eternidade!

Tão belo ser amado e amar,
livre de amargura e conflito
nos braços do meu amor, aportar!

José Carlos Moutinho

Sem comentários:

Enviar um comentário