Diversas

quinta-feira, 6 de novembro de 2014

Canção com flor e canela (Fado)



Este sol que aquece a alma
nas areias da praia,
da saudade que acalma
e alegria que distraia
o amor que em mim se espalma.

A brisa acaricia
os meus pensamentos,
prazer que não sentia
desde outros tempos
nesta doce poesia.

Escuto o marulhar
como uma melodia,
será desejo de amar
ou talvez sintonia
na vontade de cantar.

Canto, canto sem parar,
diz-me alegre a ondulação
deste azul e belo mar,
que eu cante uma canção
com um poema de amar.

Criei a estrofe mais bela
com lindos versos de amor
e carinho a pensar nela,
enfeitei com muita flor,
perfumei com canela.

José Carlos Moutinho
*Res.direitos autorais*

Sem comentários:

Enviar um comentário