Diversas

sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

Azul do teu olhar (Fado)





Não sei porque choras tu
Se podes ser feliz,
Talvez escondas no baú
O que teu olhar não me diz,
Por ser segredo ou tabu.

Sorri, doce morena
Com o azul do teu olhar,
Tens beleza serena
Também sabes encantar
Como a bela acuçena.

Tuas mãos de terna seda
São núvens de carícia,
Que meu coração enreda
Com o teu ar de malícia
Que tua boca segreda.

É uma loucura o teu olhar
Azul da cor do meu mar
Navego na tua maresia
Esta paixão em doce orgia

José Carlos Moutinho
*Reserv.dir.autorais*

Sem comentários:

Enviar um comentário