quarta-feira, 12 de agosto de 2015

Espiga do meu trigal





Oh mulher, linda espiga

Do meu trigal dourado,

És pra mim uma cantiga

Que me deixa animado

No teu olhar que me instiga.



O teu corpo trigueiro

Onde eu me navego,

Faz de mim marinheiro

Do amor que eu carrego

Por esse mundo inteiro.



Os teus negros olhos

São a luz da minha vida,

Tens nos cabelos, folhos

De beleza florida

Neste mundo de escolhos.



José Carlos Moutinho

Sem comentários:

Enviar um comentário