As gaivotas voam

sábado, 5 de janeiro de 2019

Pergunta ou desencanto

Por onde andarão os tais amigos,
aqueles por quem eu era abraçado,
talvez andem por aí, perdidos
ou achem que devo ser castigado

Porquê tanta coisa mudou, entretanto,
francamente, não sei responder,
sei que sinto profundo desencanto
que não me impedirá, porém, de viver

Se por alguma razão, motivo houver
que me digam com frontalidade
para que eu possa calmamente rever
minha atitude em relação à amizade

Talvez eu tenha andado enganado
ao longo do meu percurso literário,
quando ter os amigos ao meu lado
eu pensasse não ser caso arbitrário

A vida é um mundo de ensinamentos,
temos opção de aprender ou ignorar
os sinais recebidos dos sentimentos
e escolhermos os que podemos abraçar

José Carlos Moutinho
5/1/19

Sem comentários:

Enviar um comentário