Diversas

terça-feira, 25 de novembro de 2014

Viajante





Viajei por mundos diversos

Neste mundo único em que vivo,

nasceram em mim instantes dispersos

de tantas e tantas cores sem sentido,

pois a vida é um poema de muitos versos.



Conheci gente sorridente e animada,

desagradável, simpática e abrutalhada,

gente que estendia sua mão solidária

e outra mão que se contraía sanguinária,

braços flácidos por vontade enfadada. 



Recebi o calor do sol de três continentes,

Europeu do meu país, cálido e brilhante,

Africano da minha juventude, cores quentes,

Sulamericano da minha vivência, fascinante

Mas de Angola, sol e cores são mais fulgentes.



Apreciei belas paisagens por onde passei,

As de Portugal, pequenas, belas e floridas,

De Angola verdes e majestosas, que eu sei,

Do Brasil, imensas, pelo Amazonas perdidas,

beleza deste mundo, que ver, jamais eu pensei.



Assim me fiz viajante por terras d’aqui e d’além,

De navio, carro, moto e avião sempre a descobrir

Novos mundos, como os que partiram de Belém,

Por mares nunca navegados em busca do porvir,

Com ousadia e coragem, foi o que eu fiz também.



José Carlos Moutinho

Sem comentários:

Enviar um comentário