quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

Caminhos do passado





Aqui sentado nas escadas da minha memória
levo-me em viagem pelos caminhos do passado,
onde os momentos foram páginas da minha História
escritas no livro da vida em cores do meu agrado,
com letras, inventei fantasias, paixões e alguma glória
que da minha alma nasceram em versos do meu fado.

Sorrio-me aos devaneios vividos e outros perdidos
que nas noites da minha juventude se exacerbaram,
seriam loucuras, inocências ou desejos incontidos
que em murmúrios,abraços e beijos, nos avassalaram,
e as areas da praia, sob o luar, faziam-se leito consentido
as noites alongavam-se e as ondas serenas, cantavam.

A mim, agora aqui sentado nas escadas da minha saudade,
restam-me as lembranças de um efémero e saudoso tempo
vivido com ilusão, alegria, amizade, e pujante intensidade
quando as emoções da vida, eram para o coração, alimento,
o “amanhã” era palavra sem sentido, o “hoje” era realidade,
no recordar o passado, minha alma é nostalgia de momento

José Carlos Moutinho

Sem comentários:

Enviar um comentário