Diversas

quarta-feira, 11 de março de 2015

Metamorfose de mim



Ah...pudesse eu acariciar-te o corpo
e sentir a delicada textura do tecido
que te envolve,
absover com as pontas dos meus dedos
o fulgor do teu sentir,
cantar ao ritmo do teu coração
e extasiar-me com as melodias da tua alma!

Ah...quisera eu pensar realidade
este meu sonho
que se perde nos caminhos da ilusão
e escutar o som doce da tua voz…
seria o despertar celestial
que me levaria pelos céus da felicidade!

Ah…gostaria eu saber-me
em teus pensamentos…
e eu seria bem diferente,
talvez metamorfose de mim,
o mundo seria mais colorido,
as alvoradas mais iluminadas,
os crepúsculos teriam outra beleza
e a vida…
a minha vida…
seria outra vida.

José Carlos Moutinho

Sem comentários:

Enviar um comentário