quarta-feira, 22 de abril de 2015

Mundo de vergonha!





Que mundo é este em que eu vivo
aonde a vida humana não faz mais sentido
que metamorfose está a acontecer
para que haja tanta gente a morrer?
Gente que foge da sua pátria e da morte
para virem perecer longe, ingloriamente,
Que mundo é este de tantas vaidades
que despreza a infelicidade de muitos…
Falam em economia, democracia, liberdade
e são o oposto de toda essa lengalenga falsa!

Que mundo este, Deus, que não Te compadece
ou Achas que esse povo tem o que merece?
Não! Não merecem certamente,
por procurarem o modo de sobrevivência
que lhes é negado nas suas pátrias.
Pátrias de tristeza, discriminação e crenças
que os leva à mais miserável e indigna
condição infra-humana!
Porquê Deus, permites que crianças
tão pequenas, sejam engolidas pelas águas
que as traria à presumida salvação?
E porquê os homens vestidos de nojenta política
nada fazem para solucionar o problema?
Será talvez por que esses desgraçados nada têm,
além da vontade indómita de paz, liberdade e pão!

União Europeia…
União de quê?
de uma cambada de milhares de inúteis
sentados luxuosamente num parlamento que de nada serve!
Tenham vergonha, políticos deste mundo desgarrado
concretamente os desta Europa vazia,
já que pela proximidade com os países
daqueles infelizes têm obrigação de resolver.

Haja vergonha e acabem com este genocídio!

José Carlos Moutinho
22/4/15

Sem comentários:

Enviar um comentário