terça-feira, 26 de janeiro de 2016

Perdi





Perdi as palavras
Sim! As palavras do meu sentir,
desencontrei-me das letras
na estrada da escrita
e agora vagueio cambaleante
por caminhos de retalhos
onde, devagar as palavras se soltam
por entre suspiros de pássaros,
no intervalo do seu chilrear
enquanto as gotas do orvalho
encharcam a minha débil vontade,
deixo-me levar pela brisa fria
despertando da minha letargia poética…
Aventuro-me pelos meus anseios
indo ao encontro da emoção
que julgo contida nas palavras que perdi,
com esperança de que se façam poema
ou, talvez, simples prosa
engalanadas com a ilusão do meu sonhar
e me permita voar pelas utopias da vida…
Se não as encontrar
ah...se não as encontrar fechar-me-ei
na minha desilusão
e deixar-me-ei sucumbir
aos soluços do meu fracasso

José Carlos Moutinho

Sem comentários:

Enviar um comentário