quarta-feira, 13 de julho de 2016

Afundou-se no mar





Não...Agora que nos voltámos a ver
não te deixes levar pelas emoções,
essas fazem parte do passado,
foram sopradas pela incompreensão
numa tarde cansada…
levadas pelas águas do rio
que haviam acariciado o teu corpo
numa manhã acordada...

O amor enfraquecido pelo tempo
afundou-se no mar…
o mesmo mar
que ainda hoje beija as areias
onde inventámos sonhos

José Carlos Moutinho

Sem comentários:

Enviar um comentário