quarta-feira, 22 de março de 2017

Outros tempos



Eram mais floridos aqueles caminhos
Onde os meus pequenos pés habitaram,
Talvez porque fosse um tempo de carinhos
E por lá, os males do mundo não passaram

Tenho saudades, com alguma nostalgia,
Entendo porém, que os tempos mudam,
Temos de olhar as mutações com alegria
Porque a vida gira e tristezas não ajudam

Vivo cada dia com o que a vida me oferece
De nada me adianta eu discordar dela,
Ela só dá a cada um, aquilo que merece
Solidária com o tempo que voa pela janela

Pensando, levo-me serenamente a reflectir
Que existe em cada tempo um novo tempo,
Basta-nos contemplá-lo e com ele sorrir
De coração agradecido em cada pensamento



José Carlos Moutinho

Sem comentários:

Enviar um comentário