Diversas

terça-feira, 14 de outubro de 2014

Metamorfose do meu sentir





Voam como pensamentos
as memórias, que em mim se aconchegam,
esvoaçam sobre trigais, beijando papoilas,
volteiam pela história da minha vida, 
retornam pelos céus da nostalgia
e voltam a aninharem-se no meu peito
cansado por tantos outonos!

Quisera que o tempo se acalmasse
nessa sua louca correria
e que docemente se fizesse brisa
com a carícia serena das horas,
Ah...estas saudades
que me sufocam nas noites de luar
e desassossegam o meu caminhar!

Se metamorfose se fizesse do meu sentir,
e o levasse pelos  trilhos do esquecimento
aliviando minha melancolia e me deixasse partir
para longínquas paisagens do pensamento…

José Carlos Moutinho

Sem comentários:

Enviar um comentário