Diversas

segunda-feira, 27 de julho de 2015

Faço versos



Queres saber de uma coisa  amigo
eu faço versos a ninguém
e entrego-os alegremente ao vento
para que ele os leve consigo
e os ofereça, se quiser a alguém.

Se por acaso o vento que voa
ninguém encontrar pelo caminho,
que deixe meus versos voarem,
talvez alguma pessoa boa
os encontre e os leia baixinho.

Escrevo poemas por gostar
com as palavras crio fantasias,
já plantei metáforas no meu jardim,
colhi rosas com pétalas cor do mar,
boas ou más, gosto das minhas poesias.

Serei sonhador de um mundo irreal,
não me importa o que possam pensar,
sei que sou como sou e gosto de ser,
podem falar bem de mim ou até mal,
jamais, a todos, conseguirei agradar.

José Carlos Moutinho

Sem comentários:

Enviar um comentário