Diversas

sábado, 29 de agosto de 2015

Um dia farei sonetos





Não sou poeta, mas sei o que valho,
canto com emoção o meu sentir,
sonetos dão muito trabalho
mas escrevo ainda que possam rir.

Métrica, tercetos e quadras,
a tónica na silaba tal,
palavras não são como varas
que se abanam a esmo no varal.

Só por que sou teimoso insisto
em fazer sonetos bem ou mal,
crucificam-me e não sou Cristo…

Mas de uma coisa eu vos garanto,
serei firme como pedra e cal,
sei que um dia eu colherei o que planto…

José Carlos Moutinho


Sem comentários:

Enviar um comentário