segunda-feira, 7 de setembro de 2015

Gosto de navegar





Gosto de navegar...
Navegar entre afagos de braços
que nos apertam docemente em abraços,

Gosto de navegar...
Fazendo dos meus dedos, remos de ternura
e sentir em meu peito a ondulação do afecto
e o beijo suave da branca espuma do sentimento,

Gosto sim, de navegar...
Navegar pelo sol irradiado de um sorriso
e sentir a brisa suave das palavras
que me acariciam
em murmúrios de carinho,

Sim… gosto de navegar…
Navegar pelos encontros de sincera amizade
onde os temas se agasalham de luar
perfumados de maresia colorida de sal,

Ah…como eu gosto de navegar…
Navegar...Pelas marés serenas,
com temporais longe do meu velejar…
E eu, na acalmia do meu sentir
navegando sobre um mar chão,
possa içar as velas brancas da paz,

Gosto sim, de navegar…
Navegar sem parar…
Até encontrar um porto de abrigo
onde eu possa reflectir e entender
a razão das tempestades
no mar da vida.

José Carlos Moutinho

Sem comentários:

Enviar um comentário