segunda-feira, 2 de novembro de 2015

Oh...tempo





Oh Tempo que sufocas

as tardes do meu viver,

traz-me a brisa da acalmia

pois eu não quero sofrer

a toda a hora do meu dia.



Dá-me o aroma das flores,

não a secura da mágoa,

a vida, jardim de amores

pode ser pura com’água

que corre sem pudores.



Quero a tua Primavera

nos dias da minha vida,

ter um amor à espera,

a vida é uma corrida

viver é uma quimera.



José Carlos Moutinho

Sem comentários:

Enviar um comentário