quinta-feira, 5 de novembro de 2015

Pujante natureza





Correm águas serenas



Pelo leito da vida,



Beijam margens terrenas



com vontade despida.







Murmuram no seu deslizar



melodias de saudade,



ao mergulharem  no mar



finda sua eternidade.







Agora, na imensidão



do mar, que as abraça,



desfalecem sem acção,



perdendo toda a graça.







Pujante é a natureza



que tanto nos fascina,



tem em si tanta beleza



que a todos ilumina.







José Carlos Moutinho

Sem comentários:

Enviar um comentário